segunda-feira, 30 de novembro de 2009

O CONCELLO DE TUI ENTREGARA A SÚA MEDALLA DE OURO AOS MARISTAS O ESTE SÁBADO 5 DE DECEMBRO

Este sábado, 5 de decembro, ás 12,00 horas no Salón de Plenos da Casa do Concello tudense terá lugar o acto solemne de entrega da medalla de ouro deste Concello a Orde dos Irmás Maristas, dando cumprimento ao acordo do Pleno da Corporación Municipal tudense do pasado mes de xuño.

sexta-feira, 27 de novembro de 2009

Valença reforça equipamentos desportivos


Valença conta com um novo mini-campo desportivo descoberto, com uma área de 264 m2, em relva sintética, na zona da Cidade Nova. Futebol, basquetebol e andebol são algumas das modalidades que se podem praticar.
A nova estrutura implicou um investimento de cerca de 35 mil euros financiados pela Câmara Municipal, Instituto de Desporto de Portugal,  Federação Portuguesa de Futebol e a Associação de Futebol de Viana do Castelo.
Este mini-campo vem reforçar a oferta de equipamentos lúdico-desportivos de proximidade, nomeadamente, da área urbana de Valença e freguesias vizinhas. O espaço localiza-se numa área urbana de grande concentração populacional. Promover a iniciação à prática desportiva informal  e contribuir para a ocupação dos tempos livres, nomeadamente, das crianças e jovens é o objectivo principal desta nova estrutura.
A concretização deste mini-campo resultou de um protocolo  estabelecido entre a Câmara Municipal, o Instituto de Desporto de Portugal, a Federação Portuguesa de Futebol e a Associação de Futebol de Viana do Castelo.

Antonio Benítez gaña o certame “Relación home-muller 100% positiva” de Tui

Este sevillano presentou unha serie de tres fotografías baixo o lema “Algunas parejas”
sevillano Antonio Benítez Barrios é o gañador do certame fotográfico “Relación home-muller 100% positiva” convocado pola Concellería de Muller e Servizos Sociais do Concello de Tui co gallo do Día Internacional contra a violencia de xénero.  Antonio Benítez presentou unha serie de tres fotografías baixo o lema “Algunas Parejas” que o xurado eloxiou pola súa calidade. O premio foi para a terceira fotografía desta serie na que se retrata a unha parella ao final da súa vida nun anden de metro onde mentres el toca o violín ela lle suxeita a partitura.  Coma premio recibirá 350€ en metálico e dúas noites de estancia no Parador de Turismo San Telmo de Tui.

quinta-feira, 26 de novembro de 2009

PIEF DE VALENÇA COMEMORA OS 20 ANOS DOS DIREITOS DA CRIANÇA

A uma celebração tão importante não pode ser dedicado apenas um dia. Por isso, o PIEF de Valença organizou um conjunto de actividades para os dias 19 e 20 de Novembro:
•  Entrega de um diploma com os Direitos das Crianças às turmas dos 3º e 4º anos da EB1 de Valença;
• Colaboração com as turmas PIEF e PIEF/CEF da EB 2,3 /S de Arcos de Valdevez na dramatização de pequenos contos infantis. Esta representação teatral foi apresentada aos alunos dos 1º e 2º anos.
•  Oferta de um marcador de livros, criado pelos alunos com a TIL, aos docentes da EB 2, 3/S de Valença.
•  Oferta de um desdobrável aos alunos das turmas do 5º e 6º anos da EB 2,3 /S de Valença.

quarta-feira, 25 de novembro de 2009

Porto-Vigo: Adiamento do projecto do TGV gera preocupações no Alto Minho


O adiamento da construção da ligação em alta velocidade entre Porto e o Vigo está a gerar alguma apreensão no Alto Minho. Refira-se que, de acordo com o Ministro do Fomento espanhol a linha, prevista para 2013, não entrará em funcionamento “antes de 2015”, por estar dependente ainda de uma Declaração de Impacto Ambiental, além de ser necessário resolver alguns problemas em Vigo, nomeadamente de alguma oposição ao projecto. A notícia foi recebida com “preocupação” pelo deputado socialista Jorge Fão que vai agora tentar avaliar o impacto desta decisão junto do Ministro das Obras Públicas português.
Jorge Fão recorda o impacto que este projecto tem para o distrito de Viana do Castelo ao nível da concretização de outros projectos como a modernização da Linha do Minho ou a construção da Plataforma Logística de Valença. Refira-se que a linha Porto-Vigo do comboio de alta velocidade terá uma extensão de 125 quilómetros, dos quais 100 quilómetros em território português, atravessando diversos concelhos do distrito de Viana do Castelo. O investimento na primeira fase, entre Braga e Valença, é de 845 milhões de euros. Em Portugal, o troço cuja construção foi agora adiada por dois anos está, inclusivamente, em fase de Consulta Pública do Estudo de Impacto Ambiental.
in Rádio Geice

A Compañía de Susi Lillo presenta “La mar de cuentos”

É un espectáculo para público familiar que terá lugar este venres ás 20h
Os máis pequenos da casa son os destinatarios do espectáculo que este venres ás 20h terá lugar no Teatro Municipal de Tui. Será “La Mar de Cuentos” que chega a Tui da man da compañía madrileña de Susi Lillo.
As entradas están xa á venda na web www.culturatui.info até o venres ás 17h, ou o venres dende ás 18.30h no despacho de billetes da Área Panorámica. Teñen un prezo de 3€, 2€ con descontos e para os menores de 12 anos.

Basquete:Taça de Portugal: valença x Académica nos «oitavos»

O sorteio dos oitavos-de-final da Taça de Portugal de basquetebol ditou que a Académica irá a Valença, defrontar o Basket Clube de Valença, segundo ditou o sorteio realizado esta terça-feira na sede da Federação Portuguesa de Basquetebol.
O jogo grande destes oitavos é a visita do FC Porto ao reduto do CAB Madeira. A Ovarense, detentora do troféu, recebe o Penafiel.
Os jogos dos «oitavos» disputam-se na próxima terça-feira, dia 1 de Dezembro.

terça-feira, 24 de novembro de 2009

3ª Regata Internacional de Remo de Valença

Valença recebe a 3ª Regata Internacional de Remo - Troféu São Martinho – na Pista da Senhora da Cabeça, no Rio Minho, no próximo sábado, 28 de Novembro. A prova, com início às 15h00, é organizada pela Associação de Remo de Viana do Castelo e Sociedade Recreativa Segadanense e conta com o apoio da Câmara Municipal de Valença e Junta de Freguesia de Cristelo Côvo.
A regata contará com a participação de 16 embarcações, envolvendo um total de 96 atletas masculinos (em 12 embarcações) e 48 elementos femininos (em 4 embarcações). Confirmados até ao momento estão: o Real Club Nautico de Vigo (Espanha), Clube Remo Miño (Tui- Espanha), Sport Clube Caminhense, A.R.C.O., Clube Náutico de Viana, Vilacondense, Real Clube Fluvial Portuense, Portuscale, C.D.U.P. e Infante Dom Henrique.
O rio Minho, na sua passagem por Valença, nomeadamente, na zona da Senhora da Cabeça, em Segadães, proporciona uma das melhores pistas da Europa para a prática do remo, com um excelente espelho de água.
Considerando as excelentes potencialidades naturais da área ribeirinha do concelho, a Câmara Municipal de Valença está empenhada na revitalização dos desportos náuticos, como é o caso particular do remo, neste troço do rio Minho. O Troféu de São Martinho é uma das provas que está a merecer especial atenção da autarquia, bem como outros eventos, em estudo, de forma a potenciar um melhor aproveitamento do rio Minho e suas margens.

Cidade Nova de Valença Mais Limpa

Por intercedência da Câmara Municipal  o proprietário de um terreno na Cidade Nova procedeu à desmatação e limpeza de um espaço devoluto localizado, em plena área urbana de Valença. 
Numa área transversal à avenida de São Teotónio e rua Santa Rosa de Viterbo, há muitos anos que uma extensa floresta de eucaliptos, mato e várias sucatas era motivo de descaracterização  da zona e constituía um perigo para as habitações contíguas, bem como para a circulação nas ruas adjacentes.
Este espaço está, também, referenciado, pelas forças policiais, como zona de cobertura a actividades marginais. Nesse sentido a autarquia está, também, a interceder junto de proprietários de imóveis devolutos, na área, no sentido de os entaiparem, de forma a não darem guarida a actos ilícitos.
A intervenção da autarquia pretende dar resposta às muitas solicitações de moradores e  comerciantes que há muitos anos vinham reclamando, junto da Câmara Municipal, uma maior atenção para esta área urbana.
Em estudo estão, ainda, outras intervenções na área, nomeadamente uma melhor iluminação da zona.

Assembleia Municipal Extraordinária de Valença - 28 de Novembro

A Assembleia Municipal de Valença reúne-se, em sessão extraordinária, no auditório Dr. Jorge Gama, dos Paços do Concelho,  sábado, dia 28 de Novembro, às 9h30.
ORDEM DE TRABALHOS
I – Período de “antes da ordem do dia”.
II – Período da “ordem do dia”, com os seguintes pontos:
1º. Taxa Municipal de Direitos de Passagem.
2º. Lançamento de Derrama para Financiamento de Investimentos.
3º. Taxa do Imposto Municipal sobre Imóveis.
4º. Estacionamento de Veículos Pesados no Lugar da Formigosa (antiga E.N. 13), da freguesia de Arão.
5º. Eleição do Representante dos Presidentes de Junta e do seu substituto.
6º. Eleição de um membro da AMV, de entre os eleitos directamente, para integrar a Assembleia Intermunicipal da Associação de Municípios do Vale do Minho.
7º. Eleição dos representantes e seus substitutos da AMV na Assembleia Intermunicipal da CIM Alto Minho.
8º  Eleição do Presidente da CAAS – Comissão de Acompanhamento do Aterro Sanitário.
9º. Eleição de um autarca de Freguesia para o Conselho Cinegético e da Conservação da Fauna Municipal.
10º . Eleição de um Presidente de Junta de Freguesia para a Comissão Municipal de Defesa da Floresta Contra Incêndios.
11º. Eleição de um membro da AMV para a Comissão Municipal que concede as Autorizações de Instalação ou Modificação de Estabelecimentos de Comércio a Retalho.
12º. Designação de quatro pessoas  para a Comissão Alargada da C.P.C.J. de Valença.
13º. Designação de 5 cidadãos para o Conselho Municipal de Segurança.

Segurança: "Valença não é o Far West"


O presidente da Câmara Municipal de Valença ficou chocado com uma recente intervenção da GNR junto dos estabelecimentos comerciais da cidade. Já não é a primeira vez que acontece mas, há dias, cerca de duas dezenas de elementos da força de segurança passaram a pente fino os estabelecimentos comerciais de Valença, à procura de incumprimentos no que respeita à ocupação da via pública. Uma imagem que não agradou ao novo autarca da vila que já deu conta desta “inquietação ao Comandante do Destacamento da GNR.
Jorge Mendes não quer que passe a ideia de que Valença é o “far west”, daí esta chamada de atenção ao Comandante da GNR. Em Valença é habitual, especialmente na Coroada, os comerciantes exporem os seus produtos no passeio e nas ombreiras das casas comerciais. Uma mega operação da GNR obrigou à retirada de todo o material. Tudo se terá ficado a dever a um conjunto de cartas anónimas enviadas à GNR, acusando a força de segurança de ter “dois pesos e duas medidas” na hora de fiscalizar o comércio local.
in Rádio Geice

segunda-feira, 23 de novembro de 2009

Vale do Minho: Projecto para a construção de novo aterro prestes a avançar

O novo presidente da Câmara Municipal de Valença acredita que a construção de um novo aterro para o Vale do Minho poderá estar para breve. De acordo com Jorge Mendes, os estudos para a elaboração do projecto de instalação do aterro na freguesia de Cornes, em Vila Nova de Cerveira, já começaram a ser feitos, o que demonstra que há uma vontade “clara e inequívoca” dos municípios de fazer cumprir o Pacto Social que dita uma rotatividade do aterro por cada um dos concelhos que integram a Valorminho.
Jorge Mendes confirma ainda que os estudos geológicos do terreno que vai receber o novo aterro já foram feitos, pelo que o próximo passo é, precisamente, a elaboração do projecto. O autarca de Valença espera que este projecto esteja concluído em breve, e acrescenta que o aterro de Valença só será selado se, antes da construção da nova estrutura, houver uma decisão judicial que assim o obrigue, visto que o caso ainda continua a correr nos tribunais. Depois, diz Jorge Mendes, falta também apurar se os municípios que integram a Valorminho, terão dinheiro para construir o novo aterro.
in Rádio Geice

Taça: Acabou o sonho em Valença

Um golo no primeiro remate da partida foi suficiente para acabar com o sonho do Valenciano na Taça de Portugal. Apesar de derrotado em casa por 0-1, o Valenciano caiu de pé, recebendo uma merecida salva de palmas da plateia depois de darem boa réplica ao Belenenses. Chegou ao fim o sonho do Valenciano, da III divisão, na Taça de Portugal, ao fazer frente à segunda equipa da Liga que enfrentou na Taça de Portugal.
Depois da recepção ao Olhanense, Valença voltou a vestir-se com o melhor fato para acolher novo desafio, deste feita o Belenenses. Num relvado pesado, com algumas clareiras e sob a ameaça constante da chuva, valeu a experiência dos homens do Belenenses a controlar o jogo depois de um golo que caiu do céu logo nos primeiros dez minutos da partida. Assim, o Belenenses entrou no jogo praticamente a ganhar. Um livre de Ivan encontrou Beto na área, com o central de Belém a dar o melhor seguimento à jogada, inaugurando o marcador. Ainda assim, o Valenciano não acusou o golpe e continuou seguro na defesa, tentando rápidas saídas para o ataque. Mesmo assim não foi suficiente e valeu o golo do Belenenses para seguir em frente na Taça.
in Rádio Geice

Direcção do Valenciano demite-se por alegado corte no apoio da Câmara


A Direcção do Sport Clube Valenciano anunciou hoje a demissão em bloco, em protesto contra o alegado corte nos apoios por parte do novo Executivo camarário local. O treinador da equipa sénior, Berto Fernandes, garantiu que também sairá, em solidariedade com a Direcção que o contratou. "Vamo-nos embora porque a Câmara assim o quis. Cortou-nos nos apoios e assim não temos condições para concluir a época", disse o presidente demissionário.
Eduardo Ferreira referiu-se, concretamente, à decisão da Câmara de Valença, que nas últimas Autárquicas passou do PS para o PSD, de retirar ao clube a possibilidade de explorar o parque de estacionamento situado dentro da Fortaleza da vila. Acusou ainda o novo Executivo camarário de pretender acabar com o subsídio anual de 1500 euros que o clube vinha recebendo para o gasóleo gasto nas deslocações das equipas de futebol dos vários escalões, nomeadamente das camadas jovens. "Saímos e deixamos as contas em dia, sem dever nada a ninguém. A partir de agora, quem vier que decida o caminho a seguir", rematou. Contactado pela Lusa, o presidente da Câmara de Valença, Jorge Mendes, explicou que o fim da exploração do parque de estacionamento "acontecerá naturalmente" quando forem colocados os parquímetros "que custaram à Câmara 90 mil euros e que continuam encaixotados". "Até Fevereiro, devem ser colocados, e aí naturalmente que acaba a exploração do parque pelo Valenciano. Os directores do clube vieram quase exigir que lhe assegurássemos que poderiam continuar a explorar o parque até Agosto, mas essa é uma exigência que não podemos satisfazer", acrescentou. Lembrou que a exploração foi entregue, a título precário, ao Sport Clube Valenciano por um protocolo que "caducou em finais de 2008". Em relação ao subsídio para o gasóleo, Jorge Mendes garantiu que se manterá até ao final da época, mas admitiu que depois poderá ser revisto, até por ter dúvidas acerca da sua legalidade. Quanto às camadas jovens, disse que, se depender da Câmara, vão continuar. "Apresentem-nos as facturas e nós pagamo-las. Tão simples quanto isto", afirmou. Mendes lembrou que o Sport Clube Valenciano, entre a exploração do parque de estacionamento e outros subsídios, estará a receber da Câmara "mais de 200 mil euros por ano". "Em contrapartida, as 16 juntas de freguesias do concelho, no total, recebem menos de 400 mil euros por ano. Parece-me que há aqui alguma coisa que não está bem", concluiu.
in Rádio Geice

sexta-feira, 20 de novembro de 2009

La plantilla del Grupo Antolín en Porriño alerta del desvío de producción a Valença

Los trabajadores dejan de hacer horas extras en protesta por el traslado de una pieza para el nuevo Renault Mégane a la factoría que la multinacional burgalesa instaló en Portugal
La plantilla de Antolín PGA en Porriño ha decidido dejar de hacer horas extra en protesta por el desvío de producción a la nueva fábrica del grupo burgalés en Valença do Miño, en Portugal. El presidente del comité de empresa, Felipe Domínguez, asegura que esta decisión supondrá la destrucción de 16 puestos de empleo temporales y abre la puerta a una posible deslocalización de la actividad. Los trabajadores también harán concentraciones a la hora del bocadillo como medida de presión a la dirección de la planta para que dé marcha atrás.

El responsable del comité de empresa explica que se ha desviado a Valença una de las piezas que la planta de Porriño fabrica para el nuevo Renault Mégane –que se monta en Palencia– y que apenas llevaba un año en cadena. "Lo que nos preocupa es que nos quiten producción cuando todavía no han confirmado ningún nuevo proyecto para la fábrica", argumenta Felipe Domínguez. Antolín PGA, empresa originariamente instalada en el Polígono de A Pasaxe, en Vincios (Gondomar), cuenta con una plantilla de 120 personas, de los que 90 son indefinidos y 30 temporales.
La planta se dedica a la producción de perfiles metálicos para la industria del automóvil. En el caso de la pieza desviada a la factoría que la multinacional española tiene en Valença, se trata de una de las guías metálicas para las ventanillas del nuevo Renault Mégane. La dirección del centro achaca su decisión a la baja rentabilidad del componente, aunque el comité de empresa no está de acuerdo. "¿El pasado mes de febrero, con un ERE en marcha, sí eran rentables y ahora no?", se cuestiona Domínguez.
Este responsable sindical cree que el desvío de producción tiene como objetivo potenciar la fábrica de Valença, la segunda que Antolín instaló en Portugal –tiene otra en Vila Nova de Cerveira–. "Hoy [por ayer] acaban de llevarse una máquina para Valença", apunta Domínguez. La producción de esta pieza arrancará en Portugal en las próximas semanas, una vez concluya la formación de los trabajadores.
El norte de Portugal ha capado en los últimos años un buen número de inversiones del sector del automóvil debido principalmente a la disponibilidad de suelo industrial y una mano de obra barata. Además de Antolín, cuentan con plantas al otro lado del Miño Dalphimetal (TRW) y Dytech Ensa, entre otras multinacionales.
in Faro de Vigo

Guarda Redes dos Valenciano Vítor Nuno quer "surpreender" Belenenses


Vítor Nuno, guarda-redes do Valenciano disse à Geice FM que a sua equipa se prepara para "surpreender" o histórico Belenenses da Liga Sagres, no jogo de domingo (14h00) para a Taça de Portugal. "O Belenenses é uma equipa com história no futebol português, nós subimos este ano dos distritais de Viana do Castelo para a terceira divisão nacional. Vai ser um jogo complicado, mas vamos tentar dar tudo por tudo e esperar que aconteça ao Belenenses o mesmo que aconteceu ao Olhanense", acrescentou o guardião dos minhotos, garantindo, porém, que o objectivo do Valenciano é vencer.
O guarda-redes valenciano, Vítor Nuno, que teve contrato com o Belenenses na época 98/99, nunca chegou a alinhar pelo clube do Restelo realizando apenas o estágio de pré-época com o plantel principal em Lamego. Foi no ano em que a baliza "azul" era defendida pelo croata, Tomislav Ivkovic. Nesse ano, Vítor Nuno, que tinha realizado uma excelente época ao serviço do Vianense, despertou o interesse de João Alves, treinador do clube da cruz de Cristo na altura, que o levou para Belém, mas que depois o emprestou ao Lusitânia de Lourosa onde disputou a 2ª Divisão "B".
Embora nunca tenha jogado no Belenenses, Vítor Nuno referiu que "vai ser especial defrontar uma ex. equipa", considerando ainda o encontro de domingo no Estádio Dr. Lourenço Raimundo em Valença do Minho como uma "vitrina maior" para os jogadores ao serviço do Valenciano, o que representa uma motivação acrescida com vista à vitória.
"Defender as redes da minha baliza é o meu objectivo principal, mas para ganhar é preciso marcar golos", disse o jogador, referindo-se às suas expectativas para o jogo com o Belenenses, da quarta eliminatória da Taça.
O clube da mais recente cidade portuguesa, Valença do Minho, elevada ainda este ano (12 de Junho 2009) a essa categoria, passou à quarta eliminatória da competição depois de afastar o Portosantense (4-2, ap), Fornos de Algodres (3-2) e Olhanense (4-2, gp), depois de aguentar a equipa de Jorge Costa 120 minutos empada uma bola.
in Rádio Geice

quinta-feira, 19 de novembro de 2009

Valenciana Lança Livro de Gastronomia

A valenciana Conceição Santos, natural de Cristelo Côvo, acaba de lançar o livro "Sabores de África",  uma obra com receitas que misturam as culturas africanas e a portuguesa. É um livro de sabores lusófonos, com assinatura de Conceição Santos.
A apresentação tem lugar em Lisboa, no El Corte Inglés, a 2 de Dezembro, às 19:00.
Em 128 páginas coloridas, as receitas dividem-se por cinco países: Cabo Verde, Guiné-Bissau, S. Tomé e Príncipe, Angola e Moçambique. Em relação a cada um deles são apresentados os principais pratos, agrupados em: Entradas, sopas e acompanhamentos, Peixes e mariscos, Carnes e, por fim, Doces. São dezenas de receitas altamente convidativas: do Arroz pintado ao Inhame frito, passando pela Moqueca de galinha e pela Cachupa de peixe, e terminando no Diongo de banana.
Por ter vivido em África, a autora ficou a amar «os cheiros, as cores, as gentes» - aspectos culturais, que, ao contrário dos paladares, não são fáceis de transmitir. «Essa é a razão da existência deste livro», assinala Conceição Santos.
Sabores de África apresenta-se como uma obra apetitosa e irresistível, na qual, de país para país, os ingredientes e a forma de confecção variam, ainda que sempre sem perder o inconfundível toque africano.
A Porto Editora tem uma larga tradição na publicação de livros de culinária. O Tesouro das Cozinheiras, segundo o semanário Expresso «uma das obras portuguesas de referência da arte culinária», é um exemplo "clássico" e incontornável desde há cinquenta anos. Mas há mais: livros de cozinha moderna, como Receitas do Mar; alimentação saudável para crianças, como Dieta sem Castigo; receitas práticas, com a colecção Cozinha para Todos; e até obras para profissionais, de que são exemplos Manual de Cozinha 1 e 2.
Autora
Conceição Santos nasceu em 1953, em Cristelo Covo, Valença, mas cresceu em Lisboa. Quando casou mudou-se para Angola, onde trabalhou como professora primária numa pequena vila chamada Matala. Mais tarde regressou a Portugal e encontra-se radicada no Alentejo.

Bombeiros de Valença Controlam Incendio no Polígono Industrial do Porriño


La explosión de un bidón en la nave de pinturas PROA en el polígono de As Gándaras en O Porriño (Pontevedra) ha provocado un gran incendio, que no ha causado víctimas, y en cuya extinción trabajan bomberos de la localidad y otras unidades desplazadas desde Portugal y Vigo.

Un particular alertó al servicio de emergencias 112 sobre las 09,45 horas de que había explotado un bidón en la nave de pinturas del polígono de As Gándaras, que había provocado un incendio y que las llamas salían por encima del techo y que el humo se podía ver desde varios kilómetros.
Al lugar se desplazaron bomberos de O Porriño, Urgencias Médicas, la Policía local y miembros de Protección Civil.
Una vez allí, los bomberos de O Porriño solicitan al 112 que envíe más medios, por lo que se movilizan los bomberos de Valença (Portugal), localidad muy cercana, y de Vigo.
Al producirse la explosión se activó el plan de evacuación y todos los trabajadores acudieron al punto de reunión. Según el servicio de urgencias médicas, tres o cuatro trabajadores resultaron afectados levemente por inhalación de humos.
Los medios continúan en el lugar intentando sofocar el incendio.
in ABC / EFE


Bombeiros de Valença Controlam Incendio no Pol´


Explosión de un bidón causa gran incendio en una nave de pinturas en Porriño



Santiago de Compostela, 19 nov (EFE).- La explosión de un bidón en la nave de pinturas PROA en el polígono de As Gándaras en O Porriño (Pontevedra) ha provocado un gran incendio, que no ha causado víctimas, y en cuya extinción trabajan bomberos de la localidad y otras unidades desplazadas desde Portugal y Vigo.
Un particular alertó al servicio de emergencias 112 sobre las 09,45 horas de que había explotado un bidón en la nave de pinturas del polígono de As Gándaras, que había provocado un incendio y que las llamas salían por encima del techo y que el humo se podía ver desde varios kilómetros.
Al lugar se desplazaron bomberos de O Porriño, Urgencias Médicas, la Policía local y miembros de Protección Civil.
Una vez allí, los bomberos de O Porriño solicitan al 112 que envíe más medios, por lo que se movilizan los bomberos de Valença (Portugal), localidad muy cercana, y de Vigo.
Al producirse la explosión se activó el plan de evacuación y todos los trabajadores acudieron al punto de reunión. Según el servicio de urgencias médicas, tres o cuatro trabajadores resultaron afectados levemente por inhalación de humos.
Los medios continúan en el lugar intentando sofocar el incendio

Belenenses Espia Valenciano


O sorteio da Taça de Portugal premiou o Belenenses com um adversário do 4.º escalão do futebol português (3.ª Divisão), o Valenciano, equipa que obrigou os azuis a muito trabalho até conseguirem obter informações sobre a formação de Valença do Minho.
O método normalmente utilizado pelos responsáveis do Restelo para estudar os adversários esteve em risco porque o clube nortenho não autoriza que os jogos disputados no Estádio Dr. Lourenço Raimundo sejam gravados. Ou seja, não existiam imagens que permitissem desvendar os segredos da equipa minhota.
Perante tal cenário, restavam aos azuis duas opções: enviar um elemento de confiança da equipa técnica até Valença do Minho (450 quilómetros desde Lisboa) para tomar notas;conseguir registar imagens num jogo do Valenciano como visitante. Escolhida a segunda hipótese, o Belenenses conseguiu a gravação do Maria da Fonte-Valenciano, no qual o adversário de domingo empatou (1-1) no terreno do líder da Série A.
Assim, João Carlos Pereira já pode ver um jogo completo do conjunto minhoto e tomar notas para passar aos seus jogadores.
in Record

quarta-feira, 18 de novembro de 2009

Esculturas em Ferro no Posto de Turismo de Valença

A Galeria  do Posto de Turismo de Valença recebe a exposição “Esculturas em Ferro” de Plácido Souto entre 19 de Novembro e 18 de Dezembro.
Plácido Souto é um artista autodidacta natural de  Vilar de Mouros, Caminha,  com um grande sentido estético e artístico que tem proporcionado obras de grande interesse. 
Os mais diversos objectos em ferro – fragmentos de máquinas velhas, alfaias e outras sucatas, nas mãos de Plácido Souto, ganham nova vida, com as mais diversas expressões escultóricas, marcadas sempre por um traço  exuberante.
Plácido Souto é conhecido como uma pessoa simples, mas multifacetada e dinâmica que desenvolve, desde há muito tempo, uma assinalável actividade  cultural na sua terra – Vilar de Mouros, Caminha. É um dos fundadores do G.E.P.P.A.V. - Grupo de Estudo e Preservação do Património Vilarmourense.
Tendo trabalhado como ferreiro desde muito jovem, o ferro acabou por marcar toda a sua vida. Plácido Souto foi um dos primeiros e grandes entusiastas na defesa da criação do Museu do Ferreiro.


19 de Novembro  a 18 de Dezembro
Esculturas em Ferro de Plácido Souto
Posto de Turismo de Valença
Paiol da Coroada
Praça-Forte de Valença
9h30 - 12h30  e 14h00 - 17h30
Segunda-feira a Sábado

As Guerras da Restauração Exposição e Conferência 21 mil Visitaram Museu de Valença

A Câmara Municipal promove a conferência “Valença nas Guerras da Restauração”, no âmbito das comemorações do 1º aniversário do Núcleo Museológico, na próxima sexta-feira, 20 de Novembro, às 17h30, precedida de uma visita guiada, às 17h00. A conferência será proferida pelo historiador valenciano Major Pereira de Castro e encerra uma exposição temática sobre os fortes e atalaias levantados para a tomada e defesa da Praça-Forte de Valença do Minho, nas Guerras da Restauração, uma das épocas mais ricas da história militar de Valença. Ao longo de 4 meses a exposição recebeu mais de 18 mil e 500 pessoas.
A exposição, constituída por 15 painéis interpretativos,  apresenta as trajectórias dos exércitos e o levantamento dos fortes e atalaias no concelho, pelos portugueses e castelhanos para a tomada e defesa da Praça-Forte de Valença. Dessa época ficaram os fortes de São Francisco, de São Luíz Gonzaga, de São Jorge e do Tuído, bem como as atalaias de Passos, de Covas da Balagota, de Belem e, ainda, a Trincheira de Verdoejo. Estruturas de grande importância militar para a época documentadas e inventariadas nesta exposição e que fazem parte do património militar de Valença. No Núcleo Museológico é possível apreciar, ainda até 21 de Novembro, em relevo, os quatro fortes térreos que se destacaram nas Guerras da Restauração, que ocorreram há 350 anos e são relembradas.
O Núcleo Museológico de Valença abriu ao público em 20 de Novembro de 2008 e até ao momento já recebeu mais de 21 mil visitantes, sendo 52% estrangeiros, nomeadamente de Espanha.
O Núcleo é constituido por uma Sala de Exposições Temporárias onde, até 21 de Novembro, está a exposição “Valença nas Guerras da Restauração” e uma maqueta, à escala, da Fortificação Moderna da Praça-Forte (Setecentista) do artista tudense Jose Martinez Clotet. No piso superior uma sala retrata a Fortificação Medieval, com uma maqueta à escala da época. A sala de Arqueologia aborda a Proto-História, Idade da Pedra, Arte Rupestre, Época Romana e Idade Média em Valença. Numa quarta sala encontramos o Centro de Recursos, um espaço de consulta de documentação dedicada ao Núcleo Museológico, articulando com o serviço de visitas guiadas e apoio ao visitante, com serviço de audio-guias e no hall superior, ainda, uma maqueta à escala, também, de José Martinez Clotet, mostra a Catedral e o Centro Histórico de Tui.

Consul de España en Valença Recibió a Cruz de Oficial de la Orden de Isabel la Católica



José Luís Pera (dcha.) tras la imposición del galardón, en el Consulado, en Oporto.
José Luís Pera (dcha.) tras la imposición del galardón, en el Consulado, en Oporto.  C.E./E.G.
José Luís Pera Pardina, titular del Consulado de España en Valença do Minho (Portugal), acaba de recibir la Cruz de Oficial de la Orden de Isabel la Católica, concedida por el Rey don Juan Carlos, durante el acto celebrado en las instalaciones del Consulado de España en Oporto, donde estuvo acompañado por toda su familia, amistades, y representantes de organismos oficiales, con el cónsul general de España en Oporto y su esposa, como anfitriones. El galardón premia su "comportamiento extraordinario de carácter civil" que redunda en beneficio de la nación española y contribuye de modo relevante, a favorecer las relaciones de amistad y cooperación de España con el resto de la comunidad internacional.
Pera Pardina suma esta Cruz de Oficial a la Cruz de Caballero y a la Medalla de Bronce de la Orden de la Independencia, como reconocimiento a su gran labor diplomática en Guinea Ecuatorial, coincidiendo con el "Golpe de la Libertad" del año 1979.
Desde hace 27 años está a cargo del Consulado español en la ciudad fronteriza de Valença do Minho, donde en estos momentos se registra una media semanal de siete sanitarios portugueses que acuden a estas oficinas para gestionar y traducir documentación que presentarán ante los lugares de trabajo que han conseguido en ciudades españolas. En gran parte se trata de enfermeras y sus destinos, en la mayoría de los casos, son Vigo y otros lugares de Galicia, además de Canarias, Madrid y Barcelona.
Detrás de su labor cotidiana, hay una importante dosis de humanidad. Un caso que permanecerá siempre en su memoria es el de cuatro hermanas menores de edad que fueron abandonadas por sus progenitores en Monçao (Portugal) y que fueron recluidas en un colegio de Viana. "Yo iba frecuentemente a visitarlas. Tenían entre 8 y 5 años de edad y durante los dos años que estuvieron allí, las llevaba de paseo y les compraba helados y cosas que necesitaban".
Como explica, gracias a sus gestiones "conseguí que trasladasen a las pequeñas al centro pontevedrés Príncipe Felipe y me acuerdo que se agarraban a mi como si fuese su padre. Fue un momento muy especial que no olvidaré nunca". Supo después que una familia de Vigo adoptó a las cuatro, y de esto hace ya unos quince años. La casualidad hizo que tiempo más tarde se viesen de nuevo, esta vez en una fiesta organizada por la comunidad andaluza en Vigo.
in Faro de Vigo

terça-feira, 17 de novembro de 2009

Atelier de Escrita em Valença

A B.M.V.- Biblioteca Municipal de Valença recebe um atelier de escrita, orientado pelo artista Miguel Horta, terça-feira, 17 de Novembro,  com sessões às 12h00 e às 14h00. A secção juvenil da B.M.V. será o espaço de trabalho para a abordagem de diversas técnicas de escrita que tem como público os alunos da EB 2 e 3 de Valença.
Com este atelier pretende-se proporcionar aos alunos valencianos a oportunidade da descoberta das múltiplas formas de escrita e comunicação, estimulando a curiosidade e a criatividade.
O Atelier de Escrita vai-se repetir em Fevereiro de 2010, para os mesmos alunos e para o próximo ano lectivo prevêem-se mais duas jornadas deste atelier para outros grupos de alunos.
Miguel Horta, nascido em 1959, é um artista de olhos postos no mar. Toda a sua obra se desenvolve em torno da deriva das placas dos oçeanos, centrada  na investigação dos fundos marinhos. Frequentou Gravura (Cooperativa de Gravadores Portugueses), o A.R.C.O. -Centro de Arte e Comunicação Visual e o atelier de ilustração de Maria Keil.
O seu percurso expositivo é pontuado por presenças regulares em Portugal e no resto da Europa. Entre as colecções que apresentam o seu trabalho poderemos destacar a BMW ( Regensburg- Alemanha), Kisceli Museum ( Budapest – Hungria ), Fundação Mário Soares ou Fidelidade grupo segurador, entre outras.
Embora seja essencialmente um artista plástico, desde muito cedo encarou a Animação-Cultural como uma outra ferramenta para a comunicação das ideias. Neste campo encontramos duas linhas mestras de intervenção: a Promoção do Livro e da Leitura e a Educação pela Arte.
A iniciativa é da Câmara Municipal de Valença e conta com a colaboração da Direcção Geral do Livro e das Bibliotecas, bem como da Fundação Caloust Gulbenkian.

Novo Centro de Saude de Tui

O Diario Oficial de Galicia de hoxe, lúns 16 de novembro, publica unha resolución da Consellería de Sanidade da Xunta de Galicia pola que se procede á adxudicación da redación do proxecto do novo centro de saude de Tui ao estudio de arquitectura "Díaz&Díaz Arquitectura" por 76.270 euros. Unha boa nova que encamiña a resolución do grave problema existente no actual centro de saude tudense. Dende Tudensia queremos recuperar un "post" que publicamos a finais de decembro do pasado ano 2008 reclamando que este novo edificio contribuia a crear patrimonio na nosa cidade, que este inmboble resulte axeitado ao contexto urbano dunha cidade declarada Ben de Interese Cultural.
A creación de novos elementos patrimoniais, nun caso coma Tui, ten a obriga de promover un sentido de continuidade entre o pasado e o presente, un elo condutor que garanta unha integración dos espazos públicos da nosa cidade, entre unha arquitectura de séculos anteriores, que conservamos polos seus valores históricos e artísticos, e estas novas obras, que realizadas nunha dimensión humana e cunha mínima sensibilidade artística e funcional, enlazan con esta tradición que en Tui, por sorte, custodiamos como o noso principal sinal de identidade.
Unha obra pública, como este novo Centro de Saúde que está a piques de comezar, está chamada a "crear" novo patrimonio que enriqueza, dende prantexamentos contemporáneos, o n oso acervo patrimonial e poidamos contar na nosa cidade cun edificio singular dende prantexamentos contemporaneos. A propia Consellería de Sanidade ten realizado importantes achegas á arquitectura contemporánea de Galicia na construcción doutros centros de saude, agardamos que o caso tudense se encamiñe nesta liña.
Dende Tudensia apostamos pola sensibilización da nosa sociedade nestes aspectos pois o progreso, o desenvolvemento da nosa cidade, non esta reñido coa sensibilidade para apostar pola incorporación de novas obras públicas que busquen un equilibrio coa identidade que singulariza a esta cidade de Tui.
Para os interesados achego o enlace para acceder ao post publicado no seu día:

Taça de Portugal: Valenciano-Belenenses joga-se domingo



O Valenciano vai defrontar em Valença, domingo às 14h00, o Belenenses na 4.ª eliminatória da Taça de Portugal. Depois de eliminar o Olhanense da Superliga na eliminatória anterior, a formação de Alberto Fernandes volta a defrontar uma equipa do principal escalão do futebol nacional.

segunda-feira, 16 de novembro de 2009


Ariel Rot e Claudio Gabis participarán na gravación de “Muchas noches, buenas gracias” de Phatom Club


Será no concerto que ofrecerán o venres 20 ás 21.30h no Teatro Municipal de Tui

Ariel Rot, Andy Chago, Pablo Novoa e Claudio Gabis serán algúns dos artistas convidados que acompañen ao grupo tudense Phantom Club no concerto que ofrecerán o venres 20 de novembro, ás 21.30h, no Teatro Municipal de Tui.  Será un directo especial xa que servirá para gravar o seu segundo traballo discográfico titulado “Muchas noches, buenas gracias” no que de novo recorren ao xogo de palabras coma fixeran xa con “Funksiona” o seu primeiro disco do que venderon 2 mil copias.

Phantom Club
Lugar: Teatro Municipal
Data e hora: Venres, 20 de novembro, ás 21.30h
Prezo entradas: 5€ - 3€
Venda de entradas: na web www.culturatui.info até o venres ás 19 ou o venres dende ás 20h no despacho de billetes da Área Panorámica
Apertura de portas ás 20h

sexta-feira, 13 de novembro de 2009

Valença: 19 suspeitos de furto constituídos arguidos



O Núcleo de Investigação Criminal (NIC) de Valença da GNR constituiu arguidas 19 pessoas, dez mulheres e nove homens, por suspeita de furtos. A informação foi confirmada pela própria GNR.

De acordo com fonte da GNR citada pela Lusa, a operação envolveu duas buscas domiciliárias, em Vila Verde e Braga, que permitiram apreender peças em ouro, três telemóveis, um televisor, peças de vestuário, uma viatura, uma balança de precisão e 3.000 euros.
Os arguidos estão indiciados por furtos a residências e a estabelecimentos comerciais, alguns dos quais na zona de Melgaço.
A GNR especificou que se trata «exactamente das mesmas pessoas» que a 11 de Outubro já tinham sido constituídas arguidas pelo mesmo NIC, na sequência de três buscas domiciliárias. Nessa altura, foram apreendidos acessórios em ouro, telemóveis, dinheiro, pequenos electrodomésticos, um plasma, dois computadores, calçado, relógios de pulso e artigos de decoração.
in IOL Diário

quinta-feira, 12 de novembro de 2009

Teatro do Noroeste presenta o musical “Glass City”

O Teatro Municipal de Tui acolle este venres un musical pensado en Galicia, feito en galego e para os espectadores. Chega cun amplo elenco integrado por 14 actores, bailarís e músicos dirixidos por Eduardo Alonso. Forman parte dun amplo equipo de máis de 20 persoas que dan vida a todos os entresixos necesarios para crear este espectáculo que dende a súa estrea a finais de setembro está a colleitar unha excelente acollida por parte da crítica e do público. Trátase de “Glass City” de Teatro do Noroeste.
A de Tui será unha das últimas citas para poder disfrutar desta montaxe xa que a xira galega desta montaxe remata en decembro, para logo iniciar un percorrido polo resto de España.
As entradas están xa á venda na web www.culturatui.info até o venres ás 19h, ou pódense adquirir o venres dende ás 20h no despacho de billetes da Área Panorámica. Teñen un prezo de 6€, 4€ con desconto e 4€ para os menores de 12 anos.
Teatro do Noroeste con “Glass City”
Lugar: Teatro Municipal
Data e hora: Venres, 13de novembro, ás 21.30h
Prezo entradas: 6€ - 4€ con desconto e 4€ para menores de 12 anos
Venda de entradas na web www.culturatui.info até o venres ás 19 ou o venres dende ás 20h no despacho de billetes da Área Panorámica

Exposición "Onde as Rúas non Teñen Nome" em Tui

 A mostra componse de 46 fotografías e nace do traballo etnoarqueolóxico da misión española no Nilo Azul, comandada dende o CSIC, co obxectivo de interpretar mellor ás sociedades coñecidas unicamente a través do rexistro arqueolóxico.
A Sala de Exposicións Municipal de Tui acolle estes días (ata o día 11 deste mes de decembro) a exposición "Onde as rúas non teñen nome: unha mirada etnoarqueolóxica ao pobo Gumuz (Etiopía Occidental)". A entrada é de balde e os interesados poden contemplar a exposición en horario de apertura da Sala Municipal de Exposicións, de 09:00 a 14:00 horas pola mañá, de 16:30 a 20:30 horas pola tarde e os sábados permanecerá aberta de 09:00 a 13:00 horas. A mostra, programada pola Concellería de Cultura do Concello de Tui, está ubicada na sala anexa á Sala de Exposicións (rúa Colón nº2).

quarta-feira, 11 de novembro de 2009

Teatro nos Cafés de Valença “Arribação”, as histórias de vida, dos Emigrantes




Valença recebe quatro espectáculos da peça teatral “Arribação”, produzida pela Companhia “Comédias do Minho”, entre 12 e 15 de Novembro.
”Arribação” é uma peça de teatro encenada por Luís Filipe Silva que recupera o papel do actor como verdadeiro contador de histórias e onde as histórias de vida da emigração são uma nota dominante. Em Valença os palcos serão 4 cafés de São Pedro da Torre, Gandra, Gondomil e Boivão.
A interpretação estará a cargo de Luís Filipe Silva, Mónica Tavares, Rui Mendonça e Tânia Almeida. A peça insere-se no género teatro vídeo e está destinada a maiores de 12 anos.
Os espectáculos, em Valença, decorrem nos seguintes locais:
12 Novembro Quinta-Feira | às 21h30 | S. Pedro da Torre - “Club Torreense”;
13 Novembro Sexta-Feira | às 21h30 |Gandra – “Café Monte”;
14 Novembro Sábado | às 21h30 | Gondomil – “Pôr do Sol”;
15 Novembro Domingo | às 16h30 |Boivão – Lugar de Lordelo – “Café Raquel”.
“Arribação” retrata a vida de uma mini equipa de reportagem que pretende realizar um curto e inofensivo depoimento televisivo acerca dos meandros da arribação humana. Para isso, filma e entrevista dois emigrantes regressados de França ao norte de Portugal. Porém, a presença intrusa da câmara e o notório descomprometimento dos dois estranhos àquele lugar social e mental solta as línguas e desencadeia um processo muito violento de questionamento, por parte da mulher emigrante, tanto das intenções veladas dos repórteres como dos percursos de vida do velho casal, unido pela dureza de uma experiência comum e separado por um fosso de silêncios e palavras doridas.
A iniciativa conta com o apoio da Câmara Municipal de Valença e do Ministério da Cultura.

Semana Cultural 2009 em Valença









Viii Semana Cultural
Encontra-se a decorrer a VIII Semana Cultural da Escola Superior de Ciências Empresariais do IPVC. Entre as inúmeras actividades da Semana, para além das diferentes palestras, especial destaque para a Sessão Solene, já na quinta-feira, às 14h30. Às 21h30, as Tunas TESA e TUNESA alegrarão o serão. A sexta-feira conta com um Concerto de Música de Teresa Ventura acompanhada por José Fonseca, pelas 21h00.

terça-feira, 10 de novembro de 2009

União Empresarial promove Programa Dinamizar


A União Empresarial do Vale do Minho acaba de avançar com a segunda fase do Programa Dinamizar. Esta segunda fase do programa abrange 18 empresas do Vale do Minho que, à semelhança das que participaram na 1ª Fase vão dispor de apoio e consultoria especializada num período de um ano, e que irá intervir ao nível das competências dos activos, do modelo organizacional das empresas e ao nível do reposicionamento da empresa face ao mercado em que actua, como explicou à Geice o Presidente da União Empresarial, Joaquim Covas.
De acordo com Joaquim Covas estas acções acabam por não chegar para as encomendas, até porque foram muitos mais os empresários dos cinco concelhos abrangidos pela União Empresarial que se mostraram interessados em integrar este Programa Dinamizar. Refira-se que o programa Dinamizar é promovido pela Confederação do Comércio e Serviços de Portugal e destina-se a elevar a capacidade competitiva das micro e PME do comércio e serviços, mediante um conjunto integrado de acções que visam proporcionar um melhor desempenho das mesmas.
in Rádio Geice

Biblioteca de Tui Recebe Prémio "Maria Moliner"

A Biblioteca Pública Municipal de Tui ven de recibir, por carto ano consecutivo, un dos premio “María Moliner” ao abeiro da convocatoria efectuada para as bibliotecas municipais das entidades locais menores de 50.000 habitantes convocado polo Ministerio de Cultura, a Federación Española de Municipios e Provincias e a Fundación Coca-Cola España.

segunda-feira, 9 de novembro de 2009

Ecopista do Rio Minho - Turismo e Lazer Ciclável


A Ecopista do “Rio Minho”, entre Valença e Monção, Prémio Europeu das Vias Verdes, esteve em destaque na conferência “O Lazer e o Turismo Ciclável em Portugal”, em 6 de Novembro, na Universidade de Aveiro.

As Câmaras de Valença e Monção apresentaram a Ecopista do Rio Minho, dando a conhecer as suas características e potencialidades, nomeadamente, na àrea do lazer e turismo ciclável.
    Esta conferência surgiu no âmbito do Projecto 'Cicloria', iniciativa aprovada pelo POVT - Eixo IX – Acções Inovadoras para o Desenvolvimento Urbano - Acessibilidade e Mobilidade Urbana, promovida pelas autarquias da Murtosa, Ovar e Estarreja e pela Universidade de Aveiro e, teve como objectivos:
- Apresentar os princípios orientadores do Projecto ‘Cicloria’;
- Discutir os desafios das políticas de mobilidade ciclável ligada ao lazer e ao turismo a nível europeu;
- Reflectir sobre as oportunidades de desenvolvimento económico ligada à mobilidade ciclável com motivação de turismo e lazer;
- Conhecer e debater experiências municipais e intermunicipais e reflectir sobre experiências internacionais;
- Discutir as orientações nacionais de políticas de mobilidade ciclável ligada ao lazer e ao
turismo.

Basket Valença Vence Seixal

A equipa sénior de Valença venceu num confronto vibrante a equipa do Seixal, numa partida a contar para a passagem à próxima eliminatória da Taça de Portugal, com o resultado de 84-78, num confronto, que, mais uma vez, teve uma entrada espectacular da nossa equipa, conseguindo fechar o primeiro parcial com quinze pontos de vantagem, esta foi alicerçada na excelente percentagem de lançamentos de campo, nos quias se destacaram os atletas Osvaldo Vieira e António Simon. No segundo e terceiro parcial a equipa do Seixal tentou recuperar no marcador, e, verdade seja dita, quase o conseguiu, utilizando jogadores do banco, com destaque para os extremos João Farinha e Daniel Machado. No último parcial, quando a equipa do Seixal pensava que o jogo iria ficar a seu favor, a equipa de Valença após tempo morto pedido pelo seu treinador, voltou a entrar no jogo, através dos contra-ataques culminados por Osvaldo Vieira, dos lançamentos certeiros do Zé Luis e dos lançamentos de tiro-livres realizados pelo José Silva e António Simon. É importante referir, que é o segundo ano consecutivo que a nossa equipa consegue o feito de eliminar uma equipa da Proliga.
Os PARABÉNS aos atletas, equipa técnica e direcção do clube que tornam esta estrutura mais forte.
Todos os elementos da equipa contribuíram com pontos ou ressaltos, para levar a equipa a esta excelente vitória. Devem ser destacados por parte do BC Valença os atletas: António Simón (37 pontos, 6 ressaltos e 2 assistências), Osvaldo Vieira (17 pontos ,9 ressaltos e 7 assistências), José Silva (9 pontos, 10 ressaltos e 1 assistência) e o João Sousa (5 pontos, 4 ressaltos e 3 assistências).
Na equipa do Seixal merecem destaque os atletas: nº 11 Dinis Neves (16 pontos); nº 8 Daniel Machado (16 pontos); nº 5 Pedro Silva (12 pontos) e nº 12 João Farinha (11 pontos).
in Girafas

De cando Tui chegou aos Oscar de Hollywood

O pasamento nestes pasados días do actor José Luis López Vázquez lémbranos que foi o protagonista dunha película rodada nos seus exteriores en Tui, “Mi querida señorita” no ano 1971. Con ese filme o director Jaime Armiñán conseguiu chegar como candidato ao Oscar á mellor película extranxeira, sendo a primeira e, ata o momento, única oportunidade en que Tui estivo presente na festa do cine, nos Oscar de Hollywood.
Por mágoa tivo de competir, e finalmente perder, diante, nada menos, que de “El discreto encanto de la burguesia” de Luis Buñuel que logrou a apreciada estatuiña dos Oscar.
Deste xeito Armiñan foi o primeiro creador que levou a imaxe de Galicia e máis concretamente de Tui a Hollywood promovendo o coñecemento da nosa terra dun xeito digno, lonxe dos tópicos cos que case sempre era representada Galicia.
“Mi querida señorita” é unha película de Jaime de Armiñán, que foi un filme transgresor naquela altura dos anos finais da ditadura franquista tratando o tema da transexualidade con enorme respeto e serenidade.
De Armiñan rodou en 1971 en Tui, Baiona e Vigo este filme con José Luis López Vázquez no papel de Adela Castro, unha solteirona provinciana que non ten clarexada a súa sexualidade e ao final remata por operarse para converterse no home que xa era realmente, pero tampouco ficou satisfeita co cambio.
Abofé que moitos tudense ainda lembrarán aquela rodaxe que eu reteño xunto con tantos outros recordos da infancia nun recuncho da memoria: as cámaras instaladas no inicio da Rúa Nova, tomando aquel amplo caserón que conforma o comezo daquela rúa como residencia do protagonista do filme... contemplar aquela insólita montaxe, as claquetas, o atrezzo, a repetición de escenas... que alteraban a rutinaria vida da nosa vella cidade despertaba nos cativos toda sorte de imaxinacións, de expectativas, de intrigas nunca resoltas pois logo cando foi estreada a película non puidemos visionala pois estaba vedada ás nosas curtas idades... o que aínda provocou novas intrigas, moito máis desbordantes e insólitas.
Aproveitamos para lembrar que a nosa cidade e o seu entorno foi escenario da rodaxe doutras películas como, entre outras que lembramos, están: “La casa de la lluvia” (1943),“El bosque del lobo” (1971) de Pedro Olea, “Flor de santidad” (1972), “La hora bruja” (1985) de novo con Jaime de Armiñan, “Los Pazos de Ulloa” (1985),“A los que aman” (1998) de Isabel Coixet, “Gallego” (1988) de Manuel Octavio Gómez, “Ilegal” (2002), “Hotel Danubio” (2003), “Heroina” (2005) “La velocidad funda el olvido” (2007) de Marcelo Schapces, etc.
in Tudensia

quinta-feira, 5 de novembro de 2009

II Concurso fotográfico conmemorativo do Día Internacional

A Concellería de Servizos Sociais do Concello de Tui segue e recibir fotografías para participar no II Concurso fotográfico conmemorativo do Día Internacional contra a violencia de xénero. O concurso mantén este ano, coma na anterior edición, a temática deste certame: “Relación Home Muller 100% positivo”. Para a concelleira Patricia Ricón este tema “Relación Home/Muller 100% positivo”, quere facer fincapé na relación entre a muller e o home, resaltando dunha forma positiva a relación de parella, amizade, convivencia no traballo...é dicir, en todos os ámbitos da vida. “Con este concurso, -engade a concelleira-, queremos resaltar que aínda que, desgraciadamente, existan vítimas de violencia de xénero, afortunadamente, a maioría de relacións entre homes e mulleres son relacións non violentas”.  Con esta campaña quérese fomentar este tipo de relacións e que se acabe entre todos coa violencia machista.

Trilho Pedestre “Monte do Faro” Valença à descoberta dos garranos e dos cogumelos

A Câmara de Valença vai promover uma caminhada no Trilho Pedestre do Monte do Faro no próximo sábado, 7 de Novembro, durante a manhã. Um percurso, com 8 Km de extensão, que privilegia o contacto com a montanha, sempre acompanhado de excelentes vistas para o Vale do Minho e o sul da Galiza e onde os garranos são presença constante e os cogumelos, nesta época do ano, um cartaz que merece atenção.

O ponto de encontro está marcado para as 9h00, na capela da Senhora do Faro e o início da caminhada para as 9h30 a partir deste local. O tempo estimado do percurso é de 3h00 e a participação nesta caminhada está aberta a toda a população. Trata-se de um curto itinerário com um grau de dificuldade fácil, que atinge a cota máxima de 530 metros no topo do Monte do Faro. O trilho percorre zonas de elevado potencial paisagístico onde podemos constatar a presença de espécies como o esquilo vermelho (Sciurus vulgaris) e a raposa (Vulpes vulpes).
Está previsto, se o tempo o permitir, sessões interpretativas da natureza, sobretudo sobre as especies que mais se destacam nesta época do ano, nomeadamente os cogumelos, em alguns pontos das encostas do Monte do Faro  a cargo da Associação Celtas do Minho.
Este percurso desenrrola-se nas freguesias de Gandra, Ganfei e Sanfins.

Resposta em Valença do Minho "foi inteligente"

Para o director da Escola Nacional e Saúde Pública, Constantino Sakellarides, a resposta em Valença das autoridades de Saúde no recente caso de Valença - considerada a primeira onda epidémica local no país, atingindo mais de 300 crianças de várias escolas do concelho -, o responsável considerou que se tratou de "uma resposta inteligente".
"O que caracteriza uma resposta inteligente (a uma pandemia) é a capacidade de se adaptar às condições locais" e a Direcção-Geral da Saúde mostrou que "não tem um plano pré-estabelecido, que não muda nunca, mas um plano que se adapta às circunstâncias locais", afirmou Sakellarides.
De acordo com as contas oficiais, o surto de gripe A em Valença do Minho atingiu mais de três centenas de alunos de várias escolas, o que levou à antecipação da vacinação naquele concelho do distrito de Viana do Castelo.
A maioria destes casos não apresenta gravidade clínica, o que de certa forma é corroborado na farmácia mais central da cidade, cuja responsável assegurou não ter vendido uma única embalagem de Tamiflu.
"Não chegou cá uma única pessoa com receita de Tamiflu", afirmou Ivone Pinto, directora-técnica adjunta da Farmácia do Jardim, acrescentando que se registou antes uma "subida abismal" na venda de Ben-u-ron, de Brufen e termómetros. 
Refere a responsável farmacêutica que o facto de os médicos terem preterido o Tamiflu nos tratamentos confirma que os casos "foram simples ", pois "se tivesse havido algum caso grave, certamente seria receitado Tamiflu".
in RTP

Gripe A: Vírus em Valença pode condicionar realização de campeonatos de futebol no distrito

A infecção com o vírus da Gripe A em alunos de escolas de Valença do Minho podem condicionar a realização dos campeonatos jovens fim-de-semana na associação de Futebol de Viana do Castelo caso se prove que aja atletas das várias equipas minhotas afectadas com o vírus H1N1. A decisão foi tomada pela Associação de Futebol de Viana do Castelo em reunião de direcção.
A deliberação resulta de um alerta do Sport Clube Valenciano para a eventualidade de não dispor de jogadores em número suficiente para disputar os respectivos jogos, em consequência do surto de gripe A que atingiu recentemente o concelho de Valença. Considerando que a situação poderá alastrar-se a outras áreas geográficas do distrito, "a direcção da AFVC está preocupada com a situação, mas não alarmada" com explicou à Geice Fm Jorge Sarria o presidente daquele organismo. Nestas circunstâncias, o pedido de adiamento de qualquer jogo deve ser apresentado esta quinta-feira e em casos extraordinários se se justificar o jogo poderá mesmo ser adiado em cima da hora da sua realização. O Clube requerente deve anexar obrigatoriamente um documento comprovativo da doença emitido por um médico e, apreciado o pedido de adiamento, a direcção da AFVC irá notificar o clube requerente e demais interessados da sua decisão. Até ao momento, a Associação de Futebol vianense ainda não tinha recebido nenhum pedido de adiamento de qualquer jogo, por causa deste problema.
in Rádio Geice