sexta-feira, 9 de setembro de 2016

Estreante Valença aposta na afirmação

O Valença Hóquei Clube realiza esta segunda-feira os habituais testes médicos tendo em vista o regresso aos treinos.
Depois de uma ascensão meteórica, o clube estreia-se esta época na I Divisão, apenas três temporadas volvidas sobre o regresso à competição sénior.
Fundado em 1987 como Escola de Patinagem "Novo Mundo", o Valença Hóquei Clube adoptou em 1996 a designação actual.
Comemorando 30 anos de existência em Maio de 2017 e para que esta não seja uma passagem fugaz pelo escalão maior, a equipa minhota reforçou-se a preceito.
Com o treinador Paulo Morais a iniciar a sua quarta temporada ao serviço do clube, foi desde logo garantida a continuidade do guarda-redes Paulo Matos, dos defesas-médios Miguel Fernandes e Hélder Martins, do universal Diogo Cunha ("Ziga") e do avançado José Braga, melhor marcador da II Divisão na pretérita temporada, com 64 golos. O reforço da equipa, para uma época que se pretende de afirmação, tocou todos os sectores.
Luís Viana é a figura maior de um clube que procura afirmar-se entre os "grandes"
Para a baliza e para a defesa chegam os internacionais jovens portugueses Rodolfo Sobral (ex-Braga) e Tiago Ferraz (ex-Sanjoanense). Na posição de universal, Tiago Pereira será um nome menos sonante mas traz como "cartão de visita" 57 golos conseguidos ao serviço do Fão, na III Divisão.
De resto, frieza e eficácia diante da baliza adversária não deverá ser problema. A José Braga e Tiago Pereira juntar-se-ão Gil Vicente (ex-Sanjoanense) e aquele que será indiscutivelmente a figura maior da equipa, Luís Viana (ex-Sporting). Os dois atacantes, especialistas de bola parada, foram autores de 29 golos cada no exigente Nacional da I Divisão, terminando no "top 10" dos melhores marcadores.
E, pese estes 10 nomes já divulgados pelo clube, na calha está mais um reforço, que - resolvidas questões burocráticas - deverá ser anunciado esta semana.
No decorrer do Campeonato da Europa que decorreu em Oliveira de Azeméis, o presidente Miguel Fernandes perspectivou para o HóqueiPT a nova temporada.
MUITOS JOGOS EM SETEMBRO, A PENSAR NA I DIVISÃO
Cumpridos os testes médicos, a equipa regressa aos treinos a 25 de Agosto, preparando-se para um mês de Setembro repleto de jogos de preparação. O primeiro acontece dia 4, com a visita ao Palácio dos Desportos do Riazor, na Corunha, para defrontar o Liceo.
Nos dias 9 e 10, o Valença promove a terceira edição do já conceituado Torneio Eurocidade, que este ano conta com os "convidados" Porto, Liceo e Óquei de Barcelos. A equipa de Paulo Morais defronta nas meias-finais os dragões, aguardando o resultado da outra meia-final para saber quem defronta dia 10.
Eurocidade serve de apresentação aos adeptos
O Valença participará igualmente no Torneio Jorge Coutinho, competição da AP Minho. Na primeira fase, os valencianos recebem o Óquei de Barcelos (dia 13), e deslocam-se a Famalicão (14), Ponte de Lima (20) e Vila Praia de Âncora (21) para defrontarem Famalicense, Limianos e Vila Praia. Dependendo do apuramento, nos dias 24 e 25 haverá lugar à Final Four da prova. Pelo meio do Torneio Jorge Coutinho, o Valença participa ainda no Torneio Solverde, em Espinho, agendado para os dias 16 e 17.
A "viagem" no Nacional da I Divisão começa no primeiro dia de Outubro. O Valença viaja até Alverca, onde o presidente/jogador Miguel Fernandes cumpriu a sua primeira época de sénior, para defrontar o Sporting. Na semana seguinte, os valencianos estreiam-se oficialmente perante o seu público, com a recepção ao Candelária.
in Hoquei Minhoto