quarta-feira, 7 de setembro de 2016

Argentino Guido Pellizzari no Valença

O Valença tinha prometido mais um reforço e o nome do jogador que deverá fechar o plantel para 2016/17 foi esta terça-feira conhecido.
Guido Pellizzari, 24 anos, é o escolhido, nesta que será a sua terceira aventura na Europa. O jogador argentino que em 2011 esteve presente no Mundial de Sub-20 que se realizou em Barcelos, representou na temporada finda os suíços do Basel e em 2012/13 representara os italianos do Matera. Entre Itália e Suíça, jogou no Andes Talleres, clube argentino para onde deu o salto aos 15 anos, depois de ter começado no rival Independiente Rivadavia.
O Club Sport Independiente Rivadavia, de Mendoza, afastou-se do Hóquei em Patins, mas um grupo de adeptos procura agora inverter a situação. Na passada sexta-feira, Guido Pellizzari participou num "jogo de estrelas" que visava apoiar o regresso da modalidade.
Neste defeso, findo o projecto do Basel, não tardaram a surgir interessados no concurso do ainda jovem argentino. Dado como certo nos espanhóis do Alcoy, problemas burocráticos levaram a que acabasse por ser "substituído" na equipa que contará com os portugueses Tomás Castanheira e Xavier Lourenço pelo compatriota Francisco Roca (que passou pelo Candelária).
O Valença foi mais persistente.
Guido é o sexto reforço do Valença, juntando-se a Rodolfo Sobral (ex-Braga), Tiago Ferraz e Gil Vicente (ex-Sanjoanense), Tiago Pereira (ex-Fão) e Luís Viana (ex-Sporting). Da temporada que culminou com a histórica subida à I Divisão continuam Paulo Matos, Miguel Fernandes, Hélder Martins, Diogo Cunha ("Ziga") e José Braga.
O Valença anunciou igualmente o acordo com o jovem Rui Pedro, que será emprestado ao Limianos.
DO PAÍS CAMPEÃO DO MUNDO
O Nacional da I Divisão de 2016/17 será, indiscutivelmente, o melhor campeonato de Hóquei em Patins do Mundo. No entanto, com um "virar de agulhas" ao país vizinho, não serão muitos os representantes do actual país Campeão do Mundo a brilharem nos rinques portugueses. Partiram Carlos López e Martin Montivero e Mauro Fernandez esteve intermitente no Candelária. Na próxima temporada, para além de Pellizzari, restam Carlos Nicolía (Benfica), Reinaldo Garcia (Porto) e Estebán "Tuco" Abalos (Sporting) como representantes - ilustres - da nação que destronou a Espanha no Mundial de 2015.
in Hóquei Minhoto