domingo, 1 de janeiro de 2017

Passeio à Beira Rio em Valenlça

A Ecopista do Minho percorre os concelhos de Monção, Valença e Vila Nova de Cerveira'e estende-se ao longo de mais de vinte quilómetros, sempre pela borda de água. 
Quando foi inaugurada, em 2004, a Ecopista do Minho foi um dos primeiros percursos a nível nacional a aproveitar uma antiga linha férrea para fins turísticos - e ao cabo de um par de anos seria eleita, no IV Encontro de Vias Verdes da Europa, a quarta melhor ecopista da Europa.
Inicialmente, o percurso estendia-se entre os concelhos de Valença e Monção, sempre junto ao rio Minho, permitindo visitar monumentos e locais de interesse histórico e cultural, como o Museu Ferroviário, em Valença, o mosteiro beneditino de Ganfei, o cemitério medieval e o cruzeiro do Adro  Velho, a torre de menagem de Lapela, os antigos postos aduaneiros ou a porta de Salvaterra, por onde se entrapara o centro
histórico de Monção. 
Mais recentemente, prolongou-se também ao concelho de Vila Nova de Cerveira. 
Este troço, batizado de Caminho do Rio, está integrado na Zona de Proteção para as Aves Aquáticas do Estuário do Rio Minho, onde podem ser avistadas espécies como o pato-real, a garça, o corvo-marinho e
o guarda-rios, ou mamíferos como a lontra e a marta. 
Além de proporcionar vistas únicas sobre o rio e para as pesqueiras -antigas construções de pedra, junto à margem, ainda hoje usadas pelos pescadores da região -, a ecopista passa ainda por locais de grande interesse ambiental. Entre eles, estão a insua do Conguedo ou a praia fluvial junto à ponte metálica sobre o rio Manco, também ela de paragem obrigatória, em especial durante o tempo quente, quando um
mergulho se impõe. • 
in Evasões