terça-feira, 31 de maio de 2016

Três gerações do Valenciano em festa

Valença Mais de 200 ex-atletas juntaram-se ontem para comemorar 91.Q aniversário do clube
Manuel Nobre, 86 anos, foi durante 20 diretor do Sport Clube Valenciano. Ontem, era uma espécie de capitão de equipa, num encontro que juntou em Valença 209 antigos jogadores, dirigentes e treinadores do clube que cumpre este ano 91 anos. ComNobre, que se deslocava a custo,  elebraram a vida da coletividade três gerações de atletas.
Salustiano Faria, 55 anos, um dos atletas da escola do Valenciano que foi mais longe na carreira - jogou no Benfica (88/89). Braga, Boavista, Gil Vicente e Leixões participou acompanhado pelo pai. João Faria, 69 anos, e pelo filho João Costa, 25. que também vestiram a camisola do clube. "Foi o meu pai que me passou o bichinho da bola. Vivia 24 horas para o futebol, sonhava chegar à 1' Divisão e um dia disse à minha mãe que ainda me havia de ver na televisão. E viu", recordou o antigo jogador, que é conhecido por "Tiano". A festa do clube de Valença, atualmente com mais de 200 atletas nas modalidades de futebol,
tiro ao arco e atletismo, incluiu um animado almoço em S. Pedro da Torre
in Jornal de Notícias