segunda-feira, 11 de abril de 2016

Valença: Centenas de crianças 'marcharam' contra maus-tratos na infância

Centenas de crianças desfilaram esta sexta-feira pelas principais artérias de Valença para assinalar abril, mês da prevenção dos maus-tratos na infância. Intitulada "Caminhar por um Sorriso", a iniciativa visou "consciencializar a comunidade para os maus-tratos nas crianças e nos jovens, o fortalecimento das famílias no sentido do desenvolvimento de uma parentalidade positiva e o envolvimento das comunidades neste processo".
Ao longo de todo o mês, a Comissão de Proteção de Crianças e Jovens de Valença, em colaboração com a Câmara Municipal, vai levar a cabo diversas atividades no sentido de continuar a alertar a população para esta questão. As atividades vão desde exposições, cinema até ao Dia Mundial da Dança a ser assinalado no próximo dia 29 de abril.
De referir que todos os participantes exibiram o já conhecido laço azul. Este movimento teve a sua origem em Virgínia, nos Estados Unidos, em 1989. Nesse ano, Bonnie W. Finney divulgou a história trágica dos maus-tratos aos seus netos. Para despertar consciências e sobretudo suscitar questões, a avó atou à antena do seu automóvel uma fita azul, a cor das nódoas negras dos seus netos. A fita servia de mote para contar os acontecimentos dramáticos e alertar para a problemática dos maus-tratos na infância. Esse primeiro laço deu origem a um movimento, que rapidamente ganhou dimensão mundial. 
In Rádio Vale do Minho